Português de Portugal X Portugal do Brasil

Assim como outros países, o Brasil herdou a língua de seu país colonizador, Portugal. No entanto, entre o português que se fala lá e o português que se fala aqui, há diferenças maiores do que o oceano que separa os continentes e, no Dia da Língua Portuguesa, que tal falar sobre algumas delas?

Idioma igual, palavras distintas

Se você chegar a Portugal e quiser usar o banheiro, terá que perguntar onde fica a “casa de banho”. E, ao atravessar a faixa de pedestres entre uma calçada e outra, na verdade, você cruzará a  “passadeira”.

Aqui no Brasil, por exemplo, há palavras diferentes com um mesmo significado entre um estado e outro. Essas diferenças são ainda maiores se a comparação for entre países. É prudente levar um dicionário, estudar antes ou passear com algum nativo por perto durante uma viagem para Portugal.

Sotaque

É possível identificar um português logo de cara, por conta do sotaque tão diferente do brasileiro. Eles falam com mais velocidade enquanto aqui se fala mais lentamente, pronunciando com clareza e articulando a boca em todas as vogais. Os colonizadores, no entanto, têm uma pronúncia mais clara nas sílabas com vogais tônicas.

Essas diferenças podem dificultar a compreensão instantânea num diálogo, mas os brasileiros – como ninguém – dão conta das diferenças regionais que tocam a língua e se desdobram em sotaques.

Sintaxe

A maneira como os portugueses formulam frases também se distingue das tradicionais formas brasileiras. Aqui, se usa e abusa do gerúndio, enquanto eles preferem o infinitivo. Abaixo, segue um exemplo para facilitar a compreensão sobre essa diferença.

No Brasil:

Estou cantando.

Em Portugal:

Estou a cantar.

Por que tantas diferenças?

Os portugueses não representam a única cultura que influenciou e formou o Brasil como nação. A maneira como se fala, escreve e se expressa em terras sul-americanas, no geral,  resulta de um processo histórico do qual participaram muitos povos: indígenas, africanos escravizados e outros imigrantes europeus. Há muitas palavras do vocabulário brasileiro, por exemplo, de origem tupiniquim. A língua se transforma de acordo com o tempo e o lugar e as variações do Português pelo mundo comprovam isso. Todas as formas partiram de uma mesma origem, mas cada povo fez seu próprio caminho.

Veja também:

Blog

Por que o E-class Play é inovador?

E-class Play não é apenas mais uma plataforma de streaming em meio a tantas. Ela surge com um diferencial: seus conteúdos são voltados para o nicho educativo, entretendo e ensinando a galera que está em fase escolar

Leia mais »