Leitores críticos: A relação entre leitura e criticidade

Você sabia que há benefícios muito sutis que a leitura proporciona? O hábito reduz o estresse, melhora o funcionamento do cérebro, aprimora a habilidade da escrita, amplia o  repertório de vocabulário, traz conhecimento, estimula a imaginação, aumenta a empatia, favorece a concentração. No entanto, entre todos esses efeitos positivos, um se destaca: o ato de ler desenvolve nossa criticidade.

O termo se refere à capacidade de criticar. Geralmente, associamos as críticas a um comportamento negativo e ranzinza, porém é preciso ressignificar esse conceito. Afinal, a criticidade é uma habilidade indispensável para escolhas nos âmbitos pessoal, espiritual, acadêmico, emocional, profissional e social.

Ter criticidade pressupõe um raciocínio analítico sobre os fatos, ideias, pessoas e informações. Por exemplo: recorremos ao pensamento crítico para escolher em qual candidato vamos votar em uma eleição. Só com esse exemplo deu para perceber sua relevância, não é mesmo? Mas não para por aí. Ela ainda auxilia nas relações afetivas e na lida com o cotidiano, de situações mais simples até as mais complexas.

Se não fosse a criticidade, a paquistanesa Malala Yousafzai nunca teria desafiado um sistema que refuta o ensino para as meninas e mulheres. Os abolicionistas nunca teriam despertado e protestado contra o absurdo da escravidão. E Martinho Lutero nunca teria questionado a igreja. Em todo tempo e em todo lugar do mundo, precisamos de pessoas que analisem os fatos criticamente e proponham novas formas de viver em sociedade.

Como se tornar uma pessoa crítica

Existe uma relação íntima entre criticidade e leitura. Entretanto, não se trata de uma relação mecânica com o texto. É preciso se aprofundar no que lê e refletir sobre o conteúdo que ali está. Caso seja necessário, leia mais de uma vez até entender. É assim que desenvolvemos intelecto e compreensão simultaneamente. Ao ler, você precisa assumir a responsabilidade de permitir que o texto te transforme. Para que isso aconteça, desafiamos você a expandir sua biblioteca. Leia títulos que o desloquem da sua zona de conforto e apresente novas ideias, estimulando cada vez mais sua reflexão sobre o diferente.

Não importa qual seja seu gênero literário preferido, tenha sempre um livro em suas mãos e sua mente aberta para toda reflexão que ele pode proporcionar. O mundo precisa de pessoas críticas, comprometidas com a transformação e você pode ser uma delas.

Veja também:

Blog

Por que o E-class Play é inovador?

E-class Play não é apenas mais uma plataforma de streaming em meio a tantas. Ela surge com um diferencial: seus conteúdos são voltados para o nicho educativo, entretendo e ensinando a galera que está em fase escolar

Leia mais »