Topo

Mestrado: profissional ou acadêmico?

Para quem busca uma oportunidade de qualificação e crescimento profissional, o mestrado, classificado como stricto sensu, é uma boa opção após a conclusão de uma graduação. Segundo o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), cresce 11% ao ano o número de títulos de mestrado concedidos no Brasil. Já a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes/MEC) revela que no país já existem mais de 76 mil estudantes de pós-graduação, seja no mestrado acadêmico, profissional ou no doutorado.

Na graduação, o aluno começa a ser inserido no universo da pesquisa por meio da matéria de iniciação científica e também pelo temido Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Entretanto, Gildene Lopes, graduada em pedagogia e doutora em psicologia, revela que a pesquisa não para por aí, pois apresenta diversas portas a serem exploradas após o tão esperado diploma da faculdade. “O objetivo da pesquisa não é só para ser um cientista, mas para utilizá-la também como ferramenta de crescimento no exercício da profissão”, pontua.

Mas qual a melhor opção a se escolher? Mestrado profissional ou acadêmico? Ainda existem dúvidas sobre o que seria cada um.

O mestrado acadêmico já tem uma trajetória histórica em que as pessoas sabem que o aluno está se formando para a docência. Entretanto, por mais que o mestrado profissional esteja mais relacionado ao estudo de técnicas e resolução dos problemas encontrados no dia a dia de atuação do profissional, com a intenção de atender as demandas do mercado, a docência também faz parte das atribuições deste título.

Gildene explica que a diferença entre os dois mestrados está basicamente na condução da investigação. Tanto o profissional quanto o acadêmico apresentam validação para posteriormente prestar um doutorado, além de possuírem, por igual, padrões rigorosos de avaliação da Capes.  “O mestrado profissional está mais voltado em fazer uma relação próxima entre a teoria e a prática. As questões de pesquisa estão mais relacionadas à realidade e interesse do profissional. Já aqueles que querem prosseguir como pesquisador e a sua carreira ser puramente academia, buscam então o mestrado acadêmico”, pontua.

Atuando como coordenadora do Mestrado Profissional em Educação do Unasp, campus Engenheiro Coelho, Gildene ainda ressalta que o mestrado profissional permite maior qualificação no exercício da profissão, tornando o aluno mais apto e competitivo para o mercado de trabalho. “Hoje as pessoas precisam estar na busca de resolução de problemas. O mercado de trabalho está mais preocupado com pessoas com essa capacidade criativa de poder mudar, criar algo que seja inovador e diferente, que facilite o processo, do que só aquele que tem o conhecimento. E a pesquisa ensina, doutrina, treina a pessoa a essa sensação de busca e não estar conformado com aquilo que está vivendo”, acredita Gildene.

 

MESTRADO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO

O Mestrado Profissional em Educação do Unasp-EC, que abriu sua primeira turma em agosto de 2016, é direcionado a todos os que estão imersos nas práticas educacionais, tanto na docência como na gestão, podendo ser profissionais de qualquer área, desde que estejam envolvidos em questões acadêmicas.

De acordo com Gildene, o curso apresenta duas linhas de pesquisa: a formação de professores em busca de questões práticas e inovadoras para sala de aula, sem contar o estudo sobre o currículo que atualmente o mercado de trabalho exige cada vez mais o aperfeiçoamento; e a outra linha é de formação de gestores na área de educação, trabalhando também avaliações e processos educativos no contexto da escola.

“O propósito central do curso é a produção de conhecimento, a elaboração de novos métodos, experiências curriculares, práticas educativas e materiais de ensino orientados pela pesquisa aplicada, pela solução de problemas e a proposição de novas ferramentas para a melhoria da qualidade dos processos educativos nos locais de trabalho de cada discente do programa”, finaliza Gildene.

Para outras informações sobre o Mestrado Profissional em Educação, acesse: www.unasp-ec.edu.br

 

 

Imagem: Syda Productions / Fotolia
Jéssica Guidolin

Formada em Jornalismo e pós-graduada em Comunicação e Marketing. Trabalha como assessora de comunicação na sede da Igreja Adventista para o Sul do Brasil.

Sem comentários
Adicionar comentário
Name*
Email*
Website