Topo
 

Filantropia

A Educação Adventista está presente no Brasil há mais de 120 anos participando do sistema de ensino oficial brasileiro, classificada como instituição privada sem fins lucrativos, confessional e filantrópica, de acordo com o art. 20, incisos II, III e IV da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – Lei 9394/96 – LDB.

A primeira escola surgiu em Curitiba (PR) no ano de 1896, o Colégio Internacional que teve como diretor Guilherme Stein Júnior, o primeiro membro batizado da Igreja Adventista do Sétimo Dia no país.

Diferente do Colégio Internacional, cujo nome era em decorrência de alfabetizar em Português e Alemão, as demais escolas adventistas foram surgindo ao redor de uma comunidade ou templo da Igreja Adventista, até formar o que se conhece hoje como Rede Educacional Adventista.

No ano de 2018, a Rede Adventista é composta de 447 unidades escolares, sendo 262 escolas de ensino infantil e fundamental; 177 de ensino médio, e 8 instituições de ensino superior. São 17 instituições que funcionam no regime internato, sete deles oferecem ensino básico e superior.  A rede possui 12.299 professores e 225.589 alunos. A rede possui mais de 50 mil alunos bolsistas cujos critérios de concessão de tais bolsas são certificados pelo Ministério da Educação.

Todas as unidades escolares da Rede Educacional Adventista são mantidas por Instituições Adventistas de Educação certificadas pelo Ministério da Educação e são detentoras do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – CEBAS.

Como entidades certificadas pelo MEC, as instituições Adventistas ofertam bolsas de estudos anualmente, tanto para estudantes do nível básico como do superior, conforme os critérios estabelecidos pela Lei 12.101/2009, Lei 10.096/2005 – Prouni, e suas regulamentações.

Os candidatos a bolsas de estudo devem atender aos critérios legais vigentes, por meio de processo seletivo de bolsas que é oficialmente divulgado pelas respectivas unidades educacionais sempre no segundo semestre de cada ano para atender o ano letivo seguinte.