Topo

Educação adventista promove evento criacionista internacional

Encontro Sul-Americano de Fé e Ciência propõe qualificar formação e produção acadêmica sobre o relato bíblico do surgimento da Terra.
por Thiago Basílio

Ao contrário do que muitos afirmam, a cosmovisão criacionista não é simplesmente uma leitura de fé sobre o início da vida, existem estudos alicerçados em evidências científicas que sustentam tal interpretação abordada pela educação adventista em seu ensino. Para que tal conhecimento tenha cada vez mais respaldo acadêmico, é realizado o segundo Encontro Sul-Americano de Fé e Ciência, que, neste ano, tematiza as origens da vida.

Pesquisa de campo na região do Araripe (Foto: Divulgação)

Os objetivos do encontro são contribuir para a formação de pesquisadores na área do criacionismo; capacitar especialistas e profissionais de educação; além de estimular a divulgação de estudos que apoiem ​​a visão bíblica das origens. O evento internacional acontece entre os dias 2 e 6 de setembro, na cidade cearense de Juazeiro do Norte, município que fica numa região conhecida por sua formação geológica capaz de evidenciar a história terrestre, além de conservar abundante material fossilizado.

Diversos acadêmicos, cientistas e profissionais de educação filiados a universidades e instituições públicas e privadas da América do Sul participam do encontro para expandir conhecimentos e trocar experiências, além de aferir conjuntamente e na prática as evidências que corroboram o relato bíblico sobre a formação e transformação da terra ao longo dos milênios.

Conheça mais a proposta criacionista da Educação Adventista 

Acompanhados por renomados especialistas, os cerca de 80 participantes tiveram a oportunidade de visitar a Chapada do Araripe, cuja formação ocorreu nas etapas finais de separação entre os continentes americano e africano. Os contextos da região favoressem a existência de uma rica variedade de fósseis, alguns incomuns ou excepcionalmente preservados. Foi exatamente desse aprendizado natural que os envolvidos com o programa puderam desfrutar acompanhados das explicações do geólogo Artur Andrade, diretor do Departamento Nacional de Produção Mineral.

Além dos estudos de campo, palestras e mesas de debates também colaboram para que o conhecimento seja socialmente construído. O segundo Encontro Sul-Americano de Fé e Ciência é uma iniciativa da Educação Adventista na América do Sul (rede que conta com mais de 335 mil alunos na região) em parceria com a Sociedade Criacionista Brasileira; o Geoscience Research Institute (GRI); e a Casa Publicadora Brasileira (CPB).

 

Confira mais fotos:

Compartilhar
Educação Adventista
Sem comentários
Adicionar comentário
Name*
Email*
Website