Topo

Brincar para aprender

Quem nunca foi criança que se oponha. Como é bom brincar!

Todavia, muitas crianças estão trocando o brincar de casinha, jogar bola, andar de bicicleta, construir um castelo de areia, brincar de pega-pega, esconde-esconde e muito mais, para ficar teclando um celular, tablet ou computador.

O que os pais não sabem é que aquilo que parece uma simples brincadeira, um passa tempo, na verdade é uma riquíssima fonte de aprendizagem e valores que as crianças levam por toda a vida. Ao participar de um jogo, seja ele de tabuleiro ou de campo como queimada, as crianças aprendem conceitos como dividir, somar, ganhar, perder, esperar sua vez, ajudar o outro. Muitos conceitos e conteúdos escolares são assimilados de forma mais prática e rápida quando a criança brinca.

Muitas escolas estão resgatando essas “brincadeiras” na educação infantil e fundamental I visto que, a maioria dos alunos, não o fazem em casa, pois estão bem quietinhos em frente da TV. Para desenvolver o equilíbrio, as coordenações motoras fina e grossa, agilidade das mãos e pés nada melhor que as famosas brincadeiras de rua como: mãe da rua, esconde-esconde, corre cutia e outras.

Construindo formas com massinhas, modelando bolinhas de crepom, brincando com o pinga gotas, usando e abusando da criatividade, as crianças desenvolvem habilidades e estimulam a parte sensorial bem como a coordenação.

O cantinho da leitura onde a criança escuta, lê histórias e depois participa de atividades livres, podendo escolher roupas no cabideiro da sala, faz com que a criança fique mais criativa, crie histórias inteligentes e com isso a criança aprende a lidar melhor com os desafios do dia a dia escolar, sem mencionar que deixa as atividades de produção textual muito mais divertidas.

Brincar é algo fundamental para a criança, portanto ajude seu filho ou seus alunos a aprender.

 

 

Imagem: lordn/Fotolia
Raquel Pierini Lopes dos Santos

Mestre em Educação pela UNIMEP Piracicaba (2015). Possui pós-graduação em Inclusão Social/Educação Especial pela Universidade UNASP campus Engenheiro Coelho (2011), graduação em Pedagogia pela Universidade Luterana do Brasil (2011) e graduação em Tecnólogo em Informática - Faculdades Integradas do Tapajós (2000). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem e práticas pedagógicas. Exerceu a função de tutora no ensino EAD no Centro Universitário Adventista São Paulo. Bolsista CAPES no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). Atualmente exerce a função de Professora Universitária, Coordenadora de área (PIBID) do curso de Pedagogia do UNASP-EC e como redatora técnico-pedagógico da revista Escola Adventista.

Sem comentários
Adicionar comentário
Name*
Email*
Website