Topo

Alunos experimentam o lado divertido e saboroso de aprender

Durante a aula de Ciências, a professora Patrícia Padilha dos Anjos do Colégio Adventista de Guarapuava, PR, desenvolveu uma abordagem inusitada para apresentar os elementos químicos para os estudantes do 9º ano. Ela dividiu a turma em grupos para que criassem Tabelas Periódicas utilizando biscoitos.

“Quando a professora lançou o desafio de fazer a Tabela Periódica com biscoitos, achei que seria algo muito difícil de realizar, então, começamos a preparar com muita calma e atenção para que não ficasse algo de qualquer jeito. Quando começamos a fazer percebemos o quanto era legal”, afirmou a estudante Janaine de Fátima do Nascimento.

A professora conta que a ideia surgiu a partir da troca de experiências em uma outra escola que leciona. Segundo ela, essa aula diferente seria um meio para evitar que os estudantes criassem aversão à disciplina devido à sistematização da Tabela Periódica.

“Montar uma tabela, mesmo que de forma diferente do convencional, proporciona ao aluno uma melhor assimilação do posicionamento dos elementos dentro dos grupos e períodos da Tabela Periódica, sem contar na familiarização dos nomes que lá contém”, avalia Patrícia. Após a montagem das tabelas, foram realizadas perguntas aos alunos e, em seguida, eles comeram literalmente as tabelas.

Veja as fotos:


ENSINO MÉDIO

No início deste ano, a professora realizou com os alunos do 3º ano do Ensino Médio uma atividade de construir estruturas orgânicas com gomas. Ela dividiu a classe em grupos e distribuiu nomenclaturas orgânicas. Os estudantes precisavam montar as estruturas e dizer a que grupo funcional pertenciam. Após a atividade, os estudantes aprenderam sobre uma das propriedades dos éteres, responsável pela essência e sabor das gomas. “Também foi uma atividade doce e saborosa”, afirmou a professora Patrícia.  

Veja as fotos:

Olivandro Maia

Equipe CPB Educacional.

Sem comentários
Adicionar comentário
Name*
Email*
Website